Antena Web - Crónicas da Casa - 11 inicial, memória 2: o como e o porquê dos primeiros programas - parte 2


por Carlos Bonaparte a 03-02-2021 às 22:21

Oficialmente as edições da Antena Web arrancaram a 4 de Janeiro de 2010, como já amplamente falamos. Obviamente antes disso já tínhamos previstos alguns programas para arrancar na grelha de programação. Há um desses que está a ser reexibido na Antena Web Momento às sextas-feiras às duas e às 14, e há um outro que regressará em breve, à Rádio Antena Web.

A primeira grelha de programação constituiu-se de 14 programas, mas durante essa semana outros 2 programas foram idealizados, e estrearam no dia 14 de Janeiro. Aqui apresentamo-vos quais eram, porque eram e quem os apresentava. Sete destes revemos hoje, os outros 7, revimos ontem.

Às 18:00, um espaço musical chamado Quadras da Música, trazido pelo Nuno Miguel. Eram 40 minutos de boas músicas, sempre inseridas num contexto. Já agora, o programa tinha 40 minutos.

Voo Noturno: traz outro amigo também. Um dia, quando o Voo Noturno for exibido na Antena Web Momento, se for, vão poder observar que esta foi a primeira música que o Diamantino Teixeira escolheu. Sim, no Voo Noturno, era o Diamantino quem escolhia as músicas. E eram grandes músicas. O Diamantino tinha um belíssimo gosto. De resto, o programa rapidamente começou a despertar a atenção.

Tempo de Teatro: antigos radioteatros portugueses que apresentávamos aos nossos ouvintes. Eram radioteatros acima de tudo da emissora nacional, norma, com cerca de 50 anos. Sabíamos da importância da palavra e da cultura, e também sabíamos que a palavra não devia ser sempre nossa, e que a cultura não era só música. Por isso às sextas e sábados, encerrávamos com o Tempo de Teatro. Geralmente eram radioteatros soltos, mas, do figurino, chegaram a fazer parte a série A História da Cruz, em português de Portugal, e que era colocada às sextas, e mais tarde, Central de Polícia às sextas, e Tancredo e Trancado aos sábados, em português do Brasil. Hoje sabemos que não podíamos ter feito isso com os radioteatros portugueses, e por isso o Tempo de Teatro fica mesmo no passado da Antena Web.

Sonoplastia: foi o primeiro programa a ser escolhido para a Antena Web. Antes de qualquer outro ser criado, o primeiro a ficar definido e estruturado, com nome incluído, foi o Sonoplastia. Era, e continua a ser, um programa dedicado às gravações entre 1860 e 1959, essencialmente. Como é possível ouvir na memória 1, em Abril de 2009 tive a oportunidade de tomar contacto com largas centenas de músicas e outros registos sonoros, essencialmente entre 1888 e 1929, e foram estes o passo decisivo para avançar para a Antena Web. Então, o Sonoplastia era o resultado das minhas descobertas e pesquisas. Com algumas músicas, e igualmente com informação. Durava cerca de 60 minutos, e foi responsável por vários pontos altos da Antena Web, seja pelo interesse que despertou, seja pelo top 30 das gravações mais incríveis de todos os tempos. Alma Lusa: fazia parte de um grupo do Google Groups, que tinha este mesmo nome. Descobri também que um álbum, penso ser de Roberto Leal, também tinha o mesmo nome. Acabei, inevitavelmente, por ver em Alma Lusa, um nome perfeito para evidenciar o explendor da música portuguesa. Um só, Lusitana Paixão, no caso, não era suficiente. Assim surgiu este programa, Alma Lusa, como um acréscimo, ao mesmo tempo que tornávamos as tardes de sábado mais ativas.

Favorits: recebi a primeira edição ainda antes da Antena Web iniciar as suas emissões propriamente ditas. Foi a penúltima estreia daquela semana. Era conduzido por J. Salvador, que tinha uns gostos muito peculiares. Um motivo extra para o trazer para a Antena Web. Brevemente também o poderá recuperar na Antena Web Momento..

Fala-me de Arte: pedimos a amigos e ouvintes, que nos enviassem gravações suas, a dizer que estavam a ouvir a Antena Web. Uma dessas pessoas chamava-se Diana Martins. Gostei tanto de a ouvir, que a convidei para se juntar à pequeníssima equipa da Antena Web. Ela aceitou, e foi já no final da primeira semana que decidimos e definimos o que iria ser o Fala-me de Arte. Trinta minutos de novidades no cinema e na música, no teatro e no pequeno ecrã, mas tudo bem relacionado... como só a Diana o sabia fazer. Apesar de ter saído no dia 4 de Abril de 2010 e não ter voltado, é uma bonita memória deste projeto. O Fala-me de Arte estreou no dia 14 de Janeiro de 2010.

Meia Rotação: o último programa da primeira semana de trabalhos da Antena Web. Surgiu também no primeiro fim de semana de trabalho. Achei que seria interessante o público ter um programa que tratasse as músicas antigas, como se fossem atuais. Isto é, anunciando-as, mas deixando sobretudo que o ouvinte desfrutasse das melodias, sem grande quantidade de informação. Aconteceu. Foi um êxito.

Sessão da Meia Noite, quando para nós, meia noite de segunda-feira ainda era domingo: e que tal um programa de música instrumental? Se a ideia era sermos ecléticos e variados, fizemos o que pudemos para abranger o máximo de quadrantes. Assim, surgiu este espaço, que também não tinha locução, e que foi a última grande estreia na Antena Web. Tudo porque o programa estreou à meia noite de segunda-feira, ou seja, do dia 11. Mas naquela altura ainda víamos a meia noite como parte de domingo.

Uma altura em que o trabalho era pouco, em que meia noite de domingo era sinónimo dos últimos instantes antes de ir para a cama, e aproveitar para começar já a pensar no que tinha para fazer na segunda-feira de manhã. Era o tempo em que o computador ficava desligado, e o site ficava sem qualquer atualização por longas horas. Recordações que, mais lá para a frente, também partilharei convosco.

Até amanhã...


Comentar







Voltar página anterior